MINISTRAÇÃO: Imagem!


Quem poderia descrever o mundo que segreda uma imagem?

Quem poderia medir sua extensão? Situações abrigadas lá? 

Quem poderia descrever sua imensidão? Possibilidades?
 Realidades que se abrigam nesse mistério?


"Não julguem, para que vocês não sejam julgados.
Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados;
 e a medida que usarem, também será usada para medir vocês. Mt 7

MINISTRAÇÃO: Desviados!



Longe de Ti? A frieza do meu espírito revelará sem tréguas,  que nem mesmo os tons mais quentes  aquecerá com teu tão necessário colorido esta esfera distante, que movido  por rebelião escolhi  herdar. Por onde eu passar, mesmo que sob holofotes, minha sombra sem palavras dirá ao meu ser, com um sombrio cada vez mais turvo, o quanto estou carecendo de Tua luz.

Longe de Ti? Parecendo vitorioso, posso por caprichos, estabelecer minha morada  no topo do mundo, mas presa ao pó minha alma permanecerá,  pobre, cega e nua. E ainda que lhe cumule de coisas preciosas e desejáveis, tesouros invejáveis, irreconciliável comigo, coberta de cinzas, lamentará saudosa o tempo em que meu corpo submisso adorava, e reverente  servindo, no final do dia aos Teus santos pés repousava.

Longe de Ti? Ainda que todos, com corações sinceros me reverenciem, carente e inconsolado me verei presa sem solução ao vazio, que negando  todos os dias  minhas ilusões, irá denunciar no meu intimo, que de mim foram retiradas tuas insubstituíveis delicias.
Mesmo que ao estender meu corpo, possa banquetear-me com prazeres encantadores, insatisfeito irei me recolher, e me encolher, certo que distante da Tua graça, minha sede ansiará pela água viva que corre do Teu interior, minha fome clamará pela bendita porção que serves sob tua medida na  mesa do fiel.  Desesperada, farta dos manjares profanos, faminta por pureza, implorará desfalecendo pelas preciosas migalhas do céu.

Longe Ti? Ainda que fartos de conquistas possíveis, me entregue à exploração das profundezas morada de riquezas insondáveis, na superfície, tal folha seca minha existência de vácuo em vácuo, coberta de trapos, lamentará a ausência de Ti, meu Deus.


E, Se minha sorte me der asas, e sobre outros planetas extasiado flutuar, serei, sem nada poder fazer, arrebatado pelo peso das correntes que me prendem à culpa, para as regiões inferiores, morada inevitável, daqueles que estão destituídos  da Tua glória.

MINISTRAÇÃO: Guardiã Fiel!



Tentar retirar o véu do futuro é frustrante porque o futuro pertence a Deus!
Machuca porque com suavidade ou severidade Ele afasta de Si, todo aquele que insiste em querer antecipar aquilo que já foi estabelecido para acontecer ao seu tempo.

Tentar retirar o véu que em mistério sela o nosso futuro, é querer apressar uma realidade que ainda está guardada, cujo receptáculo é próprio Deus! É se permitir ser enganado por uma natureza que oscila entre a intransigência e a ansiedade! 

Tentar mover o véu que se entrepõe entre o futuro e o extremo do nosso presente, é sem permissão invadir regiões feitas sem vínculos com nossas possibilidades, deixando de considerar as consequências próprias dos atos inconsequentes, é ceder à loucura do espírito e se fazer assim refém da precipitação e da impaciência!

Tentar retirar o sagrado véu que limita o nosso hoje do amanhã, é gritar para Deus: não aceito as coisas como são! É nos opormos pela antiga arte da transgressão, vil engano remover divisas eternas.


ENFIM: tentar fazer assim, é se enveredar pelo emaranhado, deixado por outros, que como nós, negaram o domínio, as promessas, a nuvem de testemunhas que por fidelidade ou pelos mesmos motivos constataram que Deus é fiel para cumprir e pronto a resistir como guardiã do tempo que ainda é Seu.  

   "Tudo tem o seu tempo determinado"

MINISTRAÇÃO: Silêncio!


Ficar em silêncio mais que cessar as palavras, é deixar descansar corpo, alma e espírito, certos do tão necessário cuidado do céu! Mais que fechar os lábios, é selar em nós desvios que mesmo ocultando-se sob a camuflagem do imperceptível, dissimulados, ou quantas vezes agressivos convidam nosso eu à incredulidade!!!

"Descanse somente em Deus, ó minha alma; dele vem a minha esperança. Somente ele é a rocha que me salva; ele é a minha torre alta! Não serei abalado!
A minha salvação e a minha honra de Deus dependem; ele é a minha rocha firme, o meu refúgio.Confiem nele em todos os momentos, ó povo; derramem diante dele o coração, pois ele é o nosso refúgio.

MINISTRAÇÃO: Além!!!



Tem coisas que acontecem que diminuem as palavras! Que dizem aos nossos pensamentos se esforce mais! Que mostra à nossa visão o quanto somos limitados! Que pra acomodar-se diz ao nosso coração expanda-se! Tem coisas que acontecem que frustra a incredulidade! Dão vida aos sonhos dando formas incríveis para nossa existência. #‎ministeriocura‬

"Aqueles que semeiam com lágrimas, com cantos de alegria colherão. Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes."