REFLEXÃO: Exibicionista! Eu?

07:52 3 Comments A+ a-




Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus!




Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus!




Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus!



Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus!






Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus!






Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus!





Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus!





Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus! I CORINTIOS 10:31


NASCEMOS E CRESCEMOS EM MEIO A UMA CULTURA QUE JÁ NÃO PODE CONTAR NEM ALISTAR AS VERDADES POPULARES QUE SE TRANSFORMARAM EM CHAVÕES E QUE SÃO USADAS PELAS PESSOAS COMO FRASES DE EFEITO.

CHAVÃO: Sentença ou provérbio muito batido pelo uso.

ENTRE OS CHAVÕES MAIS CONHECIDOS EXISTEM AQUELES QUE SÃO MAIS INTERESSANTES E ENTRE ESTES EXISTEM ALGUNS QUE SÃO USADOS COM MUITA FREQUÊNCIA PARA ANUNCIAR O PONTO MAIS ALTO DE ESPETÁCULOS.


DESTACAREI AGORA DOIS DESTES:

1º/ PARA CHAMAR A ATENÇÃO DOS PERSONAGENS PARA O INÍCIO DO ESPETÁCULO O CÂMERA MEM DIZ COM VOZ FORTE E ENTUSIASTICAMENTE: luz! Câmera! ação!



2º/ PARA GERAR E ELEVAR A EXPECTATIVA DA PLATÉIA E FECHAR O ESPETÁCULO COM SUCESSO OS PROTAGONISTAS EM CENA DIZEM COM VOZ FORTE E DECISIVA: é hora do show!

O OBEJETIVO PRINCIPAL QUE ESTA FRASE DEVE CONSEGUIR AO SER PRONUNCIADA: é chamar e prender a atenção da platéia sobre as pessoas que estão responsáveis pela exibição do espetáculo do começo ao fim.

EXIBIÇÃO: Ato de exibir-se.

ALIÁS O TEMA DESTA POSTAGEM É: Exibicionista! Eu?



NO SALMO 42 OS SALMISTAS AFIRMAM:


1/Assim como a corça deseja as águas do ribeirão, assim também eu quero estar na tua presença, ó Deus!
2/ Eu tenho sede de ti, o Deus vivo! Quando poderei ir adorar na tua presença?
3/ Choro dia e noite, e as lágrimas são o meu alimento. Os meus inimigos estão sempre
me perguntando: “Onde está o seu Deus?”
4/ Quando penso no passado, sinto dor no coração. Eu lembro quando ia com a multidão
à casa de Deus. Eu guiava o povo, e todos íamos caminhando juntos, felizes, cantando e louvando a Deus.
5/ Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus
e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus.
6-7/ O meu coração está profundamente abatido, e por isso eu penso em Deus. Assim como o mar agitado ruge, e assim como as águas das cachoeiras descem dos montes Hermom e Mizar e correm com violência até o rio Jordão,
assim são as ondas de tristeza que o Senhor Deus mandou sobre mim.
8/ Que ele me mostre durante o dia o seu amor, e assim de noite eu cantarei uma canção, uma oração ao Deus que me dá vida.
9/ Pergunto a Deus, a minha rocha: “Por que esqueceste de mim? Por que tenho de viver sofrendo por causa da maldade dos meus inimigos?”
10/ Até os meus ossos doem quando os meus inimigos me ofendem, perguntando todos os dias: “Onde está o seu Deus?”

11/ Por que estou tão triste? Por que estou tão aflito? Eu porei a minha esperança em Deus e ainda o louvarei. Ele é o meu Salvador e o meu Deus.


COMENTÁRIO: neste salmo o salmista faz um relato sofrido porque estava impedido circunstancialmente de ir ao templo adorar ao Senhor coletivamente.

ESSA IMPOSSIBILIDADE DE APRESENTAR AO SENHOR ADORAÇÃO ATRAVÉS DO CULTO PÚBLICO GEROU NA ALMA, NO ESPÍRITO E NO CORPO DO MESMO:

UM DESEJO DESESPERADOR E ESTONTEANTE DE RETOMAR O DIREITO DE ADORAR AO SENHOR COMO ANTES: como a corça deseja as águas... eu quero estar na tua presença, ó Deus.
CRISES CONTÍNUAS DE CHORO POR ESTAR IMPEDIDO DESTA ADORAÇÃO: choro dia e noite...
SAUDADES ANGUSTIANTE DO TEMPO EM QUE ESTAVA LIVRE PARA ADORAR: quando penso no passado, sinto dor no coração.
TRISTEZA E AFLIÇÃO PELA INCERTEZA QUE TINHAM DE QUANDO SERIA QUE O SENHOR IRIA LHE DEVOLVER A LIBERDADE DE CULTO QUE TODO VERDADEIRO ADORADOR PRECISA TER: os meus inimigos me ofendem, perguntando todos os dias: “Onde está o seu Deus?”
PROFUNDO E COMPLETO ABATIMENTO INTERIOR E MAL ESTAR FÍSICO PROMOVIDO PELA PERSEGUIÇÃO E PELA ANSIEDADE QUE ALIMENTAVA A ESPERA: até os meus ossos doem...

ENFIM: o salmista estava em completo estado de abatimento e desolação porque estava impedido de promover junto aos demais irmãos o magnífico espetáculo que acontecia quando juntos iam ao templo para adorarem a Deus.

O COMENTARISTA DEREC KIDNER AFIRMA: este salmos é um lamento de um cantor do templo exilado que anseia por estar de volta á casa de Deus.


PERGUNTO:

.Você já se encontrou em alguma circunstâncias semelhante a esta que o salmista descreveu neste salmo?
.Você ocupa ou já ocupou a posição de ministro(a) de louvor de tua igreja?
.Qual é a tua atitude quando tens a oportunidade de adorar ao Senhor coletivamente?
.Você se sente confortável durante a adoração coletiva ou prefere adorar a sós?
.Qual seria a tua reação se Deus permitisse que fosse tirada de ti a possibilidade de participar do culto público?
.Você sente dificuldade ou algum bloqueio quando tem a oportunidade de adorar a Deus diante de todos?
.Ou será que você não tem nenhuma dificuldade de se apresentar em público e em algumas situações faz de tudo para ter a oportunidade de participar?



COMENTÁRIO:

Em minha experiência como missionária tenho lidado mais especificamente com dois tipos de adoradores, ambos apresentam sinais de comportamento estremados.

NO PRIMEIRO GRUPO: temos os adoradores que só fariam uma apresentação ou uma exibição em um palco, se não existisse uma platéia para assistir a apresentação ou se pelo menos a mesma fosse composta por poucas pessoas e de preferência pessoas bem simples.

NO SEGUNDO GRUPO: temos os adoradores que só se interessam em fazer uma apresentação ou exibição se tiverem confirmada a certeza de que será um grande evento e que terão uma grande platéia para prestigiar o espetáculo.

AMBOS OS COMPORTAMENTOS SÃO REPROVÁVEIS SOB A LUZ DAS ESCRITURAS SAGRADAS, VEJA PORQUE:


NO PRIMEIRO GRUPO DE ADORADORES, DENTRE OUTRAS COISAS TENHO IDENTIFICADO OS SEGUINTES SINAIS DE COMPORTAMENTO:
sentimento de incapacidade, de vergonha ou timidez, sentimento de embaraço, complexo de inferioridade, complexo de inadequação, tenho constatado principalmente sentimento de medo, e em alguns casos já identifiquei até mesmo sentimento de pânico (susto, pavor, horror).



PROCEDIMENTO COMUM QUE OS ADORADORES DESTE GRUPO MANIFESTAM QUANDO SÃO DESAFIADOS A PRESTAR ADORAÇÃO EM PÚBLICO: de forma moderada ou radical ficam retraídos; e se o desafio for apresentar sua adoração à frente da platéia, esquivam-se escondem-se, porque se envergonham de se mostrar adorando.

CONSEQUÊNCIA: agindo assim pecam porque omitem a ordem que recebemos da parte de Deus de apresentarmos o nosso testemunho público de fé que é manifesto a todos através da adoração coletiva.


NO SEGUNDO GRUPO DE ADORADORES, DENTRE OUTRAS COISAS TENHO IDENTIFICADO OS SEGUINTES SINAIS DE COMPORTAMENTO:

SENTIMENTO DE EGOLATRIA: desejo interior de adorar a si mesmo; culto do eu; (eu sou o cara) (sou mais eu) (eu sou melhor, maior)
SETIMENTO EGOTISMO: sentimento excessivo da própria personalidade na importância que dá no trato consigo mesmo.
SENTIMENTO DE EXALTAÇÃO PRÓPRIA: ato ou efeito de exaltar-se; excitação ou sobreexcitação nas funções orgânicas ou nos sentidos (excitação nervosa acima do normal) excitação ou sobreexcitação do espírito.
SENTIMENTOS DE EXIBICIONISMO: Mania ou gosto de ostentação ou de exibição.



PROCEDIMENTO COMUM QUANDO ESTE GRUPO DE ADORADORES TEM A OPORTUNIDADE DE PRESTAR ADORAÇÃO EM PÚBLICO: seduzidos, dominados e aguçados pelo poder do próprio ego, desprovido de qualquer acanhamento gostam de se mostrarem(gostam de se exaltarem) e sentem grande prazer carnal e um elevado valor próprio ao exibirem a si mesmo em público.

CONSEQUÊNCIA: agindo assim transgridem o testemunho que deve ser movido pela fé, para a honra e para a glória de Deus, em completa submissão, unção e humilhação do corpo no poder do Espírito.


DIANTE DAS VERDADES ACIMA MINISTRADAS, É NECESSÁRIO LEMBRAR QUE TODOS OS DIAS OU POR MUITO OU POR POUCO VOCÊ FARÁ OS DOIS PAPÉIS: de protagonista e de platéia.

TODOS OS DIAS ESPERADO OU INESPERADAMENTE VOCÊ OUVIRÁ:
luz! Câmera! ação!

OU TERÁS QUE DIZER DE FORMA TÍMIDA OU ENTUSIASTICA: É hora do show!


SENDO ASSIM JAMAIS ESQUEÇA QUE A PALAVRA DE DEUS EM I CORÍNTIOS 10:31 AO 33 ADVERTE A TODOS TERMINANTEMENTE: portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus. Não vos torneis causa de tropeço nem para judeus, nem para gentios, nem tampouco para a igreja de Deus, assim como também eu procuro, em tudo, ser agradável a todos, não buscando o meu próprio interesse, mas o de muitos, para que sejam salvos.

E EM II CORINTIOS 10:17 E 18 A PALAVRA ACONSELHA: Como dizem as Escrituras Sagradas: “Quem quiser se orgulhar, que se orgulhe daquilo que o Senhor faz.” Pois a pessoa só é aprovada quando o Senhor a aprova e não quando é aprovada por si mesma.

NO LIVRO “A Formação de um Líder” O AUTOR AFIRMA: um espírito humilde é a marca registrada da pessoa usada por Deus.



QUANTO AOS ADORADORES TÍMIDOS, FIQUEM ATENTOS, QUANDO SENTIMENTOS CONTRÁRIOS INSISTIREM EM DOMINÁ-LOS PROCUREM LEMBRAR DAS VERDADES TAMBÉM ENCONTRADAS NO LIVRO “ A Formação de um Líder” O AUTOR ADVERTE:
é ótimo que tenhamos consciência de nossas limitações mas não devemos parar ai. Devemos seguir adiante no raciocínio e reconhecer também a absoluta adequação e suficiência de Deus para encarar qualquer teste, superar qualquer problema, conquistar qualquer vitória.

E A PALAVRA DE DEUS EM FILIPENSES 2:13 RESPALDA ESTE AUTOR AFIRMANDO: porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade.



COMENTÁRIO: temos aqui dois perfis de adoradores que apresentam durante a adoração em público sinais de comportamento extremados, portanto são ilícitos.

PERGUNTO:

.Você conhece irmãos que se enquadram nestes perfis?
.Quem são estes irmãos?
.E quanto a você, te sentes inocente diante de tudo o que acabei de ministrar ou identificou em tua adoração, sinais de comportamento que devem ser considerados e tratados?



CONCLUO ESTA POSTAGEM COM UMA VERDADE MUITO INTERESSANTE QUE ENCONTREI NO ORKUT DE MEU AMIGO ZEMA A MESMA DIZ: O grande artista Michelangelo costumava fixar uma pequena lanterna em seu capacete. Desta forma, sua sombra não atingia o mármore em que estava trabalhando. Devemos seguir o exemplo do artista, fazendo de tudo para que a sombra de nosso eu não atinja e atrapalhe as nossas orações e nem o nosso trabalho cristão.
AMÉM?


O SENHOR SEJA CONTIGO!!! FICAREI ESPERANDO UM BREVE RETORNO!!!

SOU UMA SERVA DE DEUS:QUE PELO FATO DE TER UMA ROTINA DE VIDA ESTÁVEL PRINCIPALMENTE EM MEUS RELACIONAMENTOS:

CONSTATEI QUE: Familiares independentes, arrogantes e insensa­veis, 20 anos depois se tornam dependentes, humildes e amorosos.

CONSTATEI QUE: Irmãos em Cristo altivos e cheios de si, 20 anos depois, caem em pecado, e sem honra ficam sozinhos, precisando da compaixão daqueles a quem desprezou.

CONSTATEI QUE: Aqueles adultos que hoje zombam de nós e não querem ouvir o evangelho, 20 anos depois, são adultos velhos, decadentes, doentes, que vivem geralmente no abandono e que se pudessem, dariam tudo, para estar conosco e assim, poder nos ouvirem, serem consolados e fortalecidos pela palavra que outrora rejeitaram.

CONSTATEI QUE: Pessoas que não conhecemos, sem se quer imaginarmos, estão agora nos observando e um dia, 20 anos depois, darão testemunho de nossas vidas nos altares do Senhor.

ENFIM, CONSTATATEI ACIMA DE TUDO QUE: Quando somos estáveis em nossa rotina de vida mantendo-nos fiéis a Deus e à  sua palavra, 20 anos depois, temos a oportunidade de ver que Deus realmente faz além daquilo que somos capazes de imaginar