MINISTRAÇÃO: Guardiã Fiel!

09:38 0 Comments A+ a-



Tentar retirar o véu do futuro é frustrante porque o futuro pertence a Deus!
Machuca porque com suavidade ou severidade Ele afasta de Si, todo aquele que insiste em querer antecipar aquilo que já foi estabelecido para acontecer ao seu tempo.

Tentar retirar o véu que em mistério sela o nosso futuro, é querer apressar uma realidade que ainda está guardada, cujo receptáculo é próprio Deus! É se permitir ser enganado por uma natureza que oscila entre a intransigência e a ansiedade! 

Tentar mover o véu que se entrepõe entre o futuro e o extremo do nosso presente, é sem permissão invadir regiões feitas sem vínculos com nossas possibilidades, deixando de considerar as consequências próprias dos atos inconsequentes, é ceder à loucura do espírito e se fazer assim refém da precipitação e da impaciência!

Tentar retirar o sagrado véu que limita o nosso hoje do amanhã, é gritar para Deus: não aceito as coisas como são! É nos opormos pela antiga arte da transgressão, vil engano remover divisas eternas.


ENFIM: tentar fazer assim, é se enveredar pelo emaranhado, deixado por outros, que como nós, negaram o domínio, as promessas, a nuvem de testemunhas que por fidelidade ou pelos mesmos motivos constataram que Deus é fiel para cumprir e pronto a resistir como guardiã do tempo que ainda é Seu.  

   "Tudo tem o seu tempo determinado"

SOU UMA SERVA DE DEUS:QUE PELO FATO DE TER UMA ROTINA DE VIDA ESTÁVEL PRINCIPALMENTE EM MEUS RELACIONAMENTOS:

CONSTATEI QUE: Familiares independentes, arrogantes e insensa­veis, 20 anos depois se tornam dependentes, humildes e amorosos.

CONSTATEI QUE: Irmãos em Cristo altivos e cheios de si, 20 anos depois, caem em pecado, e sem honra ficam sozinhos, precisando da compaixão daqueles a quem desprezou.

CONSTATEI QUE: Aqueles adultos que hoje zombam de nós e não querem ouvir o evangelho, 20 anos depois, são adultos velhos, decadentes, doentes, que vivem geralmente no abandono e que se pudessem, dariam tudo, para estar conosco e assim, poder nos ouvirem, serem consolados e fortalecidos pela palavra que outrora rejeitaram.

CONSTATEI QUE: Pessoas que não conhecemos, sem se quer imaginarmos, estão agora nos observando e um dia, 20 anos depois, darão testemunho de nossas vidas nos altares do Senhor.

ENFIM, CONSTATATEI ACIMA DE TUDO QUE: Quando somos estáveis em nossa rotina de vida mantendo-nos fiéis a Deus e à  sua palavra, 20 anos depois, temos a oportunidade de ver que Deus realmente faz além daquilo que somos capazes de imaginar