REFLEXÃO: Ainda sou escravo (a) dos meus próprios erros!

19:57 6 Comments A+ a-






EM ROMANOS 7 DO 14 AO 25 PAULO REFERINDO A SI MESMO, COM ADMIRÁVEL TRANSPARÊNCIA CONFESSA:

VS/14: Sabemos que a lei é divina; mas eu sou humano e fraco e fui vendido ao pecado para ser seu escravo.

VS/15: Eu não entendo o que faço, pois não faço o que gostaria de fazer. Pelo contrário, faço justamente aquilo que odeio.

VS/16: Se faço o que não quero, isso prova que reconheço que a lei diz o que é certo.

VS/17: E isso mostra que, de fato, já não sou eu quem faz isso, mas o pecado que vive em mim é que faz.

VS/18: Pois eu sei que aquilo que é bom não vive em mim, isto é, na minha natureza humana. Porque, mesmo tendo dentro de mim a vontade de fazer o bem, eu não consigo fazê-lo.

VS/19: Pois não faço o bem que quero, mas justamente o mal que não quero fazer é que eu faço.

VS/20: Mas, se faço o que não quero, já não sou eu quem faz isso, mas o pecado que vive em mim é que faz.

VS/21: Assim eu sei que o que acontece comigo é isto: quando quero fazer o que é bom, só consigo fazer o que é mau.

VS/22: Dentro de mim eu sei que gosto da lei de Deus.

VS/23: Mas vejo uma lei diferente agindo naquilo que faço, uma lei que luta contra aquela que a minha mente aprova. Ela me torna prisioneiro da lei do pecado que age no meu corpo.

VS/24: Como sou infeliz! Quem me livrará deste corpo que me leva para a morte?

COMENTÁRIO:

Se observarmos bem, no texto acima citado de forma implícita Paulo, através desta confissão tão forte que fez sobre sua própria conduta, em outras palavras, admite ser escravo dos seus próprios pecados.

E QUANTO A VOCÊ: O que tem a declarar sobre tua conduta?


O TEÓLOGO RUSSEL CHEDD COMENTA ESTE TEXTO AFIRMANDO: É melhor tomar esta passagem como uma autobiografia de Paulo, e a mesma serve como biografia para todo homem.

VOCÊ LEMBRA DE JÁ TER DITO: Não vou mais repetir os mesmos erros;

E ALGUM TEMPO DEPOIS: Teve que repetir pra si mesmo ou para outros tudo outra vez; por causa dos mesmos erros?

FAÇAMOS UM TESTE BÁSICO: Veja se você já foi surpreendido com alguma das seguintes frases condenatórias:

.Eu não confio mais em tuas promessas.
.Tu prometes mais não cumpre.
.É melhor ficar calado.
.Tuas promessas não dão em nada.
.Eu não escrevo aquilo que tu prometes.
.Só se eu fosse louca (o) para acreditar em tuas palavras.
.Teu discurso não me convence mais.
.Por favor: me poupe de ter que ouvir outra vez as mesmas mentiras.

E ENTÃO: você já disse ou ouviu alguma destas condenações ou teve que fazê-las a alguém?

ASSIM COMO PAULO: Todos nós, todos os dias ou por muito ou por pouco, com muita ou pouca frequência, apesar de termos empenhado nossa palavra;

.Surpreendemos nosso corpo dominado por um poder maldito vindo da nossa natureza carnal, arrastar nossa alma e nosso espírito de tudo aquilo que é santo, justo e bom para o lado oposto.

E QUANTAS DESTAS VEZES: Nos tornamos transgressores ou omissos, escravizados justamente pelos erros que conhecemos tão bem.

MUITOS DESTES ERROS, QUANDO PRATICADOS POR OUTROS, EM MOMENTOS DE EXALTAÇÃO PRÓPRIA ÀS VEZES COSTUMAMOS SUBESTIMA-LOS DIZENDO:

.Isto não acontece comigo!

NO ENTANTO: Quando chega a nossa vez de sermos tentados ou provados, ás vezes vencemos;

MAS: Quantas vezes percebemos que somos como todos os demais homens, como disse Paulo: escravos dos nossos próprios pecados.

E ISTO: Sejam eles grandes ou julgados insignificantes.

NA VERDADE: Tenho observado que os males pequenos ou banais tem maior domínio sobre nós do que males terríveis ou hediondos.

NO ÚLTIMO VERSÍCULO DO TEXTO CITEI NO INICIO O APOSTÓLO PERGUNTA: Quem me livrará deste corpo que me leva para a morte?

E EM GÁLATAS 5:16 ELE NOS DÁ A RESPOSTA: Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne.

COM BASE NESTE TEXTO PODEMOS AFIRMAR QUE UM DOS PRINCIPAIS MOTIVOS QUE NOS LEVA À QUEDA E DA QUEDA AO DESCRÉDITO PRÓPRIO E ALHEIO: É a ausência ou falta de relacionamento pessoal e diário com o Espírito Santo, é a falta de intimidade e de liberdade que o mesmo tem dentro do nosso corpo.

O AUTOR DO LIVRO AS OBRAS DA CARNE E OS FRUTOS DO ESPÍRITO FAZ CITAÇÕES DE ALGUNS HISTORIADORES ANTIGOS, EIS ALGUMAS DAS CITAÇÕES FEITAS:

.Vejo as coisas melhores, e concordo com elas, mas sigo as piores.

.O começo da filosofia tem sua origem na descoberta do homem da sua própria incapacidade e fraqueza nas coisas necessária.

.O corpo perecível é um peso para a alma e esta tenda terrestre é um fardo para a mente pensativa.
.O corpo é um túmulo, é uma casa de detenção onde a alma é aprisionada para expiar seu pecado.

UM DESTES HISTORIADORES AFIRMOU QUE TINHA VERGONHA DE TER UM CORPO: Pois se sentia como uma alma algemada a um cadáver.

OUTRO AFIRMOU:
Que para ele o corpo era uma habitação detestável e vã a que a alma está aprisionada.

E UM DOS PENSAMENTOS PREDOMINANTES ENTRE OS MESMOS ERA: Para eles seria muito mais fácil tornar-se bons se fossem criaturas espiritualizadas sem corpos.

PARA ELES:
A alma é contaminada pelo corpo, e se quisermos conhecer alguma coisa devemos estar libertos do corpo.

PENSAVAM MAIS: As almas que levam o fardo da carne, estão sobrecarregada e oprimidas ao ponto de não poderem olhar para os céus, e as suas cabeças são forçosamente arrastadas para baixo estando arraigadas à terra como gado.

O AUTOR DO LIVRO ACIMA CITADO ENCERRA UM DE SEUS PENSAMENTO AFIRMANDO: O mundo antigo estava cheio de horror ao corpo.

LAMENTAVELMENTE PRECISAMOS CONCORDAR COM ESTES PENSAMENTOS TÃO TRISTES E MALDITOS, POIS A BÍBLIA EM ROMANOS 8 AFIRMA:

5: As pessoas que vivem de acordo com a natureza humana têm a sua mente controlada por essa mesma natureza.

6: As pessoas que têm a mente controlada pela natureza humana acabarão morrendo espiritualmente;.

7: Por isso as pessoas que têm a mente controlada pela natureza humana se tornam inimigas de Deus, pois não obedecem à lei de Deus e, de fato, não podem obedecer a ela.
8: As pessoas que vivem de acordo com a sua natureza humana não podem agradar a Deus.

ESTA MESMA PASSAGEM NA LIGUAGEM REVISTA E CORRIGIDA VS 6 P/A DIZ: Porque a inclinação da carne é morte;

DIANTE DESTE QUADRO É IMPOTANTE ESTARMOS CIENTES QUE A BÍBLIA AFIRMA CATEGORICAMENTE: Onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. II Co 3:17 p/b.

CONCLUI-SE QUE: Se onde há o Espírito há liberdade;

ONDE ELE NÃO ESTÁ AGINDO OU ESTÁ, MAIS É ABAFADO: Há escravidão.

E SER ESCRAVO (A) DOS PRÓPRIOS ERROS OU PECADOS: É uma das mais terríveis conseqüências que sofreremos se ignorarmos ou abafarmos o Espírito Santo.

DENTRE OUTRAS COISAS, LIBERDADE: É ter o poder de agir, no seio de uma sociedade organizada, segundo a determinação da mesma.

LIVRE PORTANTO: É a pessoa que é capaz de praticar seu exercício de vida dentro de limites que são impostos por normas (código, regra, preceito) definidas.

PARAFRASEANDO II CORÍNTIOS 3:17 PODEMOS AFIRMAR QUE: A pessoa em quem está o Espírito do Senhor tem condições de praticar seu exercício de vida dentro dos preceitos estabelecidos por Deus.

AGORA REFLITA E RESPONDA-ME:

.És livre pelo Espírito do Senhor, ou ainda és escravo dos teus próprios pecados?

.Como é que você completaria a seguinte promessa:

NÃO VOU MAIS...

NOTA IMPORTANTE: PEÇO A VOCÊ QUE É SEGUIDOR (A)DESTE BLOG QUE COMPLETE A FRASE ACIMA CITADA, USANDO O ESPAÇO PRÓPRIO PARA COMENTÁRIOS.

SOU UMA SERVA DE DEUS:QUE PELO FATO DE TER UMA ROTINA DE VIDA ESTÁVEL PRINCIPALMENTE EM MEUS RELACIONAMENTOS:

CONSTATEI QUE: Familiares independentes, arrogantes e insensa­veis, 20 anos depois se tornam dependentes, humildes e amorosos.

CONSTATEI QUE: Irmãos em Cristo altivos e cheios de si, 20 anos depois, caem em pecado, e sem honra ficam sozinhos, precisando da compaixão daqueles a quem desprezou.

CONSTATEI QUE: Aqueles adultos que hoje zombam de nós e não querem ouvir o evangelho, 20 anos depois, são adultos velhos, decadentes, doentes, que vivem geralmente no abandono e que se pudessem, dariam tudo, para estar conosco e assim, poder nos ouvirem, serem consolados e fortalecidos pela palavra que outrora rejeitaram.

CONSTATEI QUE: Pessoas que não conhecemos, sem se quer imaginarmos, estão agora nos observando e um dia, 20 anos depois, darão testemunho de nossas vidas nos altares do Senhor.

ENFIM, CONSTATATEI ACIMA DE TUDO QUE: Quando somos estáveis em nossa rotina de vida mantendo-nos fiéis a Deus e à  sua palavra, 20 anos depois, temos a oportunidade de ver que Deus realmente faz além daquilo que somos capazes de imaginar