REFLEXÃO: E se Deus disser não?

03:12 2 Comments A+ a-















PALAVRAS INTRODUTÓRIAS: Como missionária tenho constatado que existem coisas nesta vida que de acordo com a situação, tem um imensurável poder para nos favorecer e nos elevar ou de nos amortecer em nossas experiências diárias.

ENTRE ESTAS COISAS ENCONTRA-SE: A resposta que Deus dá para cada oração que fazemos.

TENHO OBSERVADO QUE: O mesmo poder que a resposta de uma oração tem para fortalecer e trazer ânimo, pode ser o mesmo ou bem maior para abater e destruir a confiança e a esperança.

E CONSEQUÊNTEMENTE:
Desestrutura a vida das pessoas que tem dificuldade de lidar com o lado contrário das coisas ou das situações.

NO LIVRO O MESTRE DA SENSIBILIDADE O AUTOR AFIRMA: É fácil reagirmos e pensarmos com lucidez quando o sucesso bate à nossa porta, mas é difícil conservarmos a serenidade quando as perdas e as dores da existência nos invadem.
ELE CONTINUA SEU PENSAMENTO DIZENDO:
Muitos revelam irritabilidade, intolerância e medo nessas situações.

E NOS FAZ LEVANTAR OS OLHOS PARA UM PONTO DE EXTREMA IMPORTÂNCIA QUANDO DIZ: Se quisermos observar a inteligência e maturidade de alguém, não devemos analisá-la nas primaveras de suas vidas, mas nos momentos em que atravessam os invernos de sua existência.
CONCLUI SUA OBSERVAÇÃO AFIRMANDO: Muitas pessoas, incluindo intelectuais, comportam-se com elegância quando o mundo os aplaude, mas perturbam-se e reagem impulsivamente quando os fracassos e os sofrimentos cruzam as avenidas de suas vidas. Não conseguem superar suas dificuldades nem mesmo extrair lições de suas intempéries.

ABRA SUA BÍBLIA NO SALMOS 13 E OBSERVE A ORAÇÃO QUE DAVI FEZ NO PASSADO:

VS/1: Ó Senhor Deus, até quando
esquecerás de mim? Será para sempre?
Por quanto tempo esconderás de mim
o teu rosto?

VS/2:
Até quando terei de suportar
este sofrimento? Até quando o meu coração se encherá dia e noite de tristeza? Até quando os meus inimigos me vencerão?

VS/3: Ó Senhor, meu Deus,
olha para mim e responde-me!
Dá-me forças novamente
para que eu não morra.

VS/4: Assim os meus inimigos não poderão
se alegrar com a minha desgraça,
nem poderão dizer: “Nós o derrotamos!”

VS/5: Eu confio no teu amor.
O meu coração ficará alegre,
pois tu me salvarás.

VS/6: E, porque tens sido bom para mim,
cantarei hinos a ti, ó Senhor.


PRIMEIRA VERDADE QUE SUA ORAÇÃO REVELA:
Ele estava há muito tempo, enfrentando dia e noite pessoas que estavam lhe fazendo sofrer e lhe entristecendo.

VS/2 p/b: Até quando os meus inimigos me vencerão?

SEGUNDA VERDADE QUE SUA ORAÇÃO REVELA:
Ele já estava quase sem forças e temendo que aquela situação de desgraça o levasse à morte.

VS/ 3 p/b: Dá-me forças novamentepara que eu não morra.
VS 4 p/a: Assim os meus inimigos não poderão se alegrar com a minha desgraça.

TERCEIRA VERDADE QUE SUA ORAÇÃO REVELA:
Apesar de achar que Deus estava demorando, ele manifesta uma forte certeza de que sua oração teria uma resposta positiva, quando afirma:

VS/5: Eu confio no teu amor. O meu coração ficará alegre, pois tu me salvarás.

E COMPLETA SUA CONFISSÃO PROMETENDO:


VS/6: E, porque tens sido bom para mim, cantarei hinos a ti, ó Senhor.

MELHOR DIZENDO:
Quando isto acontecer eu vou cantar hinos para Ti.

QUARTA OBSERVAÇÃO: Não sabemos que resposta Deus deu para esta oração;

MAS UMA COISA É CERTA:
Muitas orações semelhantes a esta já foram feitas por pessoas que se encontravam em situações parecidas ou piores;

.Algumas destas orações, sabemos por experiência própria ou alheia que foram respondidas segundo a confiança e esperança daqueles que as fizeram.

.Sabemos também por experiência própria ou alheia que muitas destas orações não tiveram uma resposta positiva.


O AUTOR DO LIVRO QUANDO DEUS DIZ NÃO, AFIRMA:

.Aqueles que estão gravemente desapontados com Deus geralmente não são pessoas más.

.São mães e pais que realmente acreditam que Deus poderia e iria curar seus filhos de doenças em fase terminal.

.São missionários orando pelo sucesso na evangelização de pessoas a quem Deus tem chamado.

.São crianças que se ajoelham ao lado de suas camas e pedem um novo emprego para o seu pai ou que este pare de agredir sua mãe.

.São policiais que oram por proteção.

.Alunos que pedem ajuda para fazer boas provas.

.Assistentes sociais que imploram por comida para alimentar famílias famintas, e lideres do governo que buscam sabedoria divina diante de deliberações legislativas controversas.

.São pessoas boas, bem intencionadas, e nós seríamos até levados a rotular suas orações como algo bom e razoável. Não vemos razões que justifiquem a negativa de Deus.

.Não é fácil crer em um Deus que se recusa a curar um bebê doente ou que rejeita milhares de orações sinceras.


ELE CONCLUI SEU DISCURSO DIZENDO:

.Admito que compartilhei dúvidas e lutas através de orações não respondidas, não a ponto de juntar-me à aqueles que abandonaram a Deus, mas certamente a ponto de contar a Deus sobre a minha profunda frustração com Ele.

.Quase todos os dias, por mais de vinte anos, tenho feito a mesma oração: pedir a Deus que realize maravilhas na vida de determinada pessoa muito querida.

.Tenho proferido essa oração de infinitas formas, permitidas pelo meu vocabulário e pela minha imaginação criativa.

.Tenho citado a Bíblia para Deus, esperando que, ao usar as suas próprias palavras, consiga mais rapidamente o efeito desejado.

.Cheguei até a explicar a Deus os benefícios óbvios decorrentes de fazer o que eu estava pedindo, procurando falar o mais próximo possível do Todo-Poderoso e de maneira cuidadosa, como se Ele pudesse atender minha oração se eu me fizesse entender melhor.

Até o presente momento, a resposta ainda é não. Há um certo conforto em saber que não estou sozinho. Realmente, conviver com uma resposta negativa é bastante marcante.

PERGUNTO:

.Já tiveste a necessidade de fazer orações semelhantes a oração feita por Davi no salmos acima citado?

.Existiram situações que você teve que repeti-la por muito tempo?

.Apesar de você ter orado com confiança e cheia de fortes esperanças, existiram situações em que Deus lhe respondeu negando as suplicas feitas?

.Como é que você reage quando o Senhor decide sem dar satisfações, tomar decisão contrária aos teus apelos e rogos?


NO SALMOS 74:11, DAVI ARGUMENTANDO PERGUNTA:
Por que retrais a mão, sim a tua destra, e a conservas no teu seio?

COMENTÁRIO:

Vivemos em um tempo, em que as pessoas em sua maioria, com ou sem motivos, agem e reagem, diariamente, movidas por uma urgência excessiva e em alguns casos neurótica e obsessiva.

NEURÓSE:
Distúrbios emocionais, cuja característica principal é a ansiedade, e perturbações leves, em que não se observam nem grandes distorções da realidade externa, nem desorganização da personalidade;

OBSESSÃO:
Impertinência, perseguição, vexação, pensamento, ou impulso, persistente ou recorrente, indesejado e aflitivo, e que vem à mente involuntariamente, a despeito da tentativa de ignorá-lo ou de suprimi-lo; idéia fixa, mania.

URGÊNCIA EXCESSIVA E EM ALGUNS CASOS NEURÓTICA E OBSESSIVA, É UM TRANSTORNO COMPORTAMENTAL: Que tem gerado nas pessoas que se distanciam de Deus, e de sua palavra, uma postura e uma atitude imediatista em sua prática de vida.

IMEDIATISTA: É uma pessoa, que busca a satisfação imediata de sua vontade, dispensando ou evitando qualquer pessoa, situação, coisa, rodeio ou sistema que possa retardá-la.

PRINCIPAIS MANIFESTAÇÕES CONSEQUÊNTES DESTE COMPORTAMENTO DOENTIO: As pessoas que estão sob esta condição não terão uma relação correta com respostas negativas ou demoradas.

MAS DEUS EM SUA PALAVRA NOS ENSINA TERMINATEMENTE:

1/
Tudo neste mundo tem o seu tempo;
cada coisa tem a sua ocasião.

2/
Há tempo de nascer e tempo de morrer;
tempo de plantar e tempo de arrancar;

3/ tempo de matar e tempo de curar;
tempo de derrubar e tempo de construir.
4/
Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar;
tempo de chorar e tempo de dançar;

5/
tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las;
tempo de abraçar e tempo de afastar.

6/
Há tempo de procurar e tempo de perder;
tempo de economizar e tempo de desperdiçar;

7/
tempo de rasgar e tempo de remendar;
tempo de ficar calado e tempo de falar.
8/
Há tempo de amar e tempo de odiar;
tempo de guerra e tempo de paz.

COMENTÁRIO:

VOLTANDO AO PRINCIPAL ASSUNTO FOCADO NESTA POSTAGEM, EU CONCLUO A MESMA AFIRMANDO QUE:

Existem muitos motivos que tem poder para e destruir o bem estar e equilibrio físico, emocional e espíritual de uma pessoa;

MAS, O MAIOR MOTIVO QUE TEM CONDENADO AS MESMAS A VIVEREM DOMINADAS POR UM
COMPORTAMENTO IMEDIATISTA: Deve-se ao fato de que todos nós nascemos e crescemos influenciados por culturas, tradições, costumes, e valores que no geral, na base se seu sistema, negam e desprezam os padrões estabelecidos por Deus em sua palavra.

EM UMA EDIÇÃO ESPECIAL DO NOVO TESTAMENTO, FOI IMPRESSA NA FOLHA DE APRESENTAÇÃO, UMA MINISTRAÇÃO DO PASTOR NILSON DO AMARAL FANINI A MESMA AFIRMA:

“Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor” (Salmo 33:12)

A felicidade de qualquer nação depende, fundamentalmente, da influência que o verdadeiro Deus exerça sobre as pessoas, as famílias e as instituições que a formam. Quando se buscam deuses falsos ou quando não busca a deus nenhum, quando é desconhecida a Lei de Deus, e são ignorados os ensinos de Jesus Cristo, a nação não pode ser feliz, harmoniosa e forte.
Que vemos no mundo e no Brasil de nossos dias? Cresce assustadoramente o índice de criminalidade e se multiplica a violência; viver nas grandes cidades torna-se, a cada dia que passa, um terrível pesadelo; os jovens estão sendo atacados pelas hóstias infernais através das drogas que lhes desfibram a saúde mental, física e espiritual; a imoralidade e o alcoolismo campeiam; a família, que é a criação divina, está sendo destruída; deterioram-se os valores éticos e espirituais da nação.

Por quê? A resposta é que está faltando Deus dentro dos lares. Diante desse quadro sombrio, a melhor contribuição que se pode dar à pátria, é colocar nas mãos de cada pessoa nas mãos de cada autoridade, e em cada lar um Novo Testamento, para que todos conheçam e temam e amem ao Senhor.

CONSELHO FINAL QUE O ESPÍRITO DE DEUS TEM PARA VOCÊ, QUE ESTÁ PRECISANDO DE ESTABILIDADE, EQUILIBRIO,PAZ E SALVAÇÃO:

1º/ Deus simplesmente não pode se contradizer, se na sua palavra Ele de antemão designou um tempo certo, para todas as coisas acontecerem, assim será.

2º/ Sendo assim, a coisa certa a se fazer é preparar o vosso espírito e vossa alma para aceitar e servir a um Deus que também diz não!


PORQUE QUANDO FOR JUSTO OU SE FIZER NECESSÁRIO:
De maneira compreensivel ou inexplicável Ele poderá responder orações negando-as.

SOU UMA SERVA DE DEUS:QUE PELO FATO DE TER UMA ROTINA DE VIDA ESTÁVEL PRINCIPALMENTE EM MEUS RELACIONAMENTOS:

CONSTATEI QUE: Familiares independentes, arrogantes e insensa­veis, 20 anos depois se tornam dependentes, humildes e amorosos.

CONSTATEI QUE: Irmãos em Cristo altivos e cheios de si, 20 anos depois, caem em pecado, e sem honra ficam sozinhos, precisando da compaixão daqueles a quem desprezou.

CONSTATEI QUE: Aqueles adultos que hoje zombam de nós e não querem ouvir o evangelho, 20 anos depois, são adultos velhos, decadentes, doentes, que vivem geralmente no abandono e que se pudessem, dariam tudo, para estar conosco e assim, poder nos ouvirem, serem consolados e fortalecidos pela palavra que outrora rejeitaram.

CONSTATEI QUE: Pessoas que não conhecemos, sem se quer imaginarmos, estão agora nos observando e um dia, 20 anos depois, darão testemunho de nossas vidas nos altares do Senhor.

ENFIM, CONSTATATEI ACIMA DE TUDO QUE: Quando somos estáveis em nossa rotina de vida mantendo-nos fiéis a Deus e à  sua palavra, 20 anos depois, temos a oportunidade de ver que Deus realmente faz além daquilo que somos capazes de imaginar