REFLEXÃO: A maldição da incoerência!

01:47 1 Comments A+ a-







DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!


DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!

DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!





DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!



DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!





DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!





DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!



DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!





DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!






DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!





DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!







DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!



DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!





DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!




DOU GRAÇAS AO MEU DEUS POR TUDO QUE RECORDO DE VÓS!
FILIPENSES 1:3



INTRODUÇÃO: Nesta vida, quando precisamos escolher, ser ou fazer algo, caso não fiquemos satisfeitos, existem coisas ou situações que nos dão a chance de escolhermos uma segunda, terceira, quarta, quinta, sexta opção... ou nos dá uma faixa neutra que nos assegura o direito à isenção.

ISENÇÃO: Exoneração, imunidade, perdão, dispensa, desobrigação.

OU SEJA: Existem situações que se não quisermos ser ou fazer isto, podemos perfeitamente ser ou fazer aquilo;

E SE NÃO QUISERMOS SER NEM FAZER, NEM ISTO NEM AQUILO: Nos livrará do dever ou da obrigação e assegurará o direito de neutralidade, nos dando assim, condição de escolhermos nem ser ou não fazer nada.

MAS QUANTO SE TRATA DA ADORAÇÃO QUE DEVEMOS PRESTAR À DEUS: Esta possibilidade é nula.

A MESMA, SÓ TEM DOIS SEGUIMENTOS: A Adoração verdadeira e adoração vã; não existe um meio termo.

QUANTO ÀS MALDIÇÕES QUE TEM PODER PARA TORNAR A MESMA VÃ: São incontáveis.

E ENTRE ESTE NÚMERO SEM CONTA: Encontra-se a maldição da incoerência.

INCOERENTE: É qualquer coisa que esteja, ou seja, desconexa; contraditória; inconsistente;

MALDIÇÃO ESTA: Que Jesus procurou condená-la pronunciando um longo discurso, muito duro, severo e decisivo contra os escribas e os fariseus.

EM MARCOS 23 ELE FALOU ÀS MULTIDÕES E AOS SEUS DISCÍPULOS, DIZENDO:

VS/02:
Na cadeira de Moisés, se assentaram os escribas e os fariseus.

VS/03: Fazei e guardai, pois, tudo quanto eles vos disserem, porém não os imiteis nas suas obras; porque dizem e não fazem.

VS/04: Atam fardos pesados e difíceis de carregar e os põem sobre os ombros dos homens; entretanto, eles mesmos nem com um dedo querem movê-los.

VS/05: Praticam, porém, todas as suas obras com o fim de serem vistos dos homens; pois alargam os seus filactérios e alongam as suas franjas.

VS/06: Amam os primeiros lugares nos banquetes e as primeiras cadeiras nas sinagogas.

VS/07: As saudações nas praças e o serem chamados de mestres pelos homens.

VS/23: Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais os dízimos da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciados os preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas sem omitir aquelas!

VS/24: Guia cegos, que coais o mosquito e engolis o camelo!

VS/25: Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque limpais o exterior do copo e do prato, mas estes, por dentro, estão cheio de rapina e intemperança!

VS/26: Fariseu cego, limpa primeiro o interior do copo, para que também o seu exterior fique limpo!

VS/27: Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque sois semelhante aos sepulcros caiados, que, por fora, se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia!

VS/28:Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas, por dentro, estais cheios de hipocrisias e de iniquidade.

DESTACAREI COM BASE NO TEXTO LIDO, ALGUMAS VERDADES CENTRAIS, QUE IRÃO CARACTERIZAR OS PRINCIPAIS TRAÇOS DO PERFIL DE UM ADORADOR INCOERENTE:

SÃO HIPÓCRITAS: Dizem e não fazem.

SÃO OMISSOS: Quanto à doutrina e exercício da mesma, impõem e exigem demais dos outros, mas, se esquivam abstendo-se do cumprimento das verdades que defendem e transmitem.

SÃO AUTORITÁRIOS: Rigorosos ferrenhos quanto à prática religiosa dos outros, mas negligentes quanto à própria prática.

SÃO VAIDOSOS: Quando exercem sua prática religiosa não é movido pela submissão e obediência mas pelo exibicionismo, buscando a distinção, pois sentem diariamente a maligna necessidade de alimentar o próprio ego através das honras e da exaltação vindas dos homens.

SÃO OSTENTADORES: O que fazem em nome de Deus é com o intuito de aparecer, de mostrar-se, tudo não passa de esforço próprio por status religioso.

SÃO SUPERFICIAIS E TRANSGRESSORES: Apesar de serem cheios de formalidades, tudo não passa de aparência, pois eles não têm profundidade, seriedade, nem responsabilidades pessoais com o ensino e com a prática daqueles mandamentos que servem como fundamentos para uma vida cristocêntrica.

EM SEU DISCURSO, JESUS AFIRMOU ENFATICAMENTE:

.Negligenciam os preceitos mais
importantes.

.São limpos no exterior, mas por dentro, estão cheio de rapina (furto; peculato; roubo) e de intemperança.

.Se mostram belos; mas por dentro são semelhantes aos sepulcros cheios de toda imundícia.

.Exteriormente parecem justos aos homens; mas, por dentro, estão cheios de hipocrisias e de iniquidade.

.São semelhantes as serpentes.

VOLTO A REPETIR PARA QUE POSSAMOS INTERIORIZAR:

INCOERENTE: É qualquer coisa ou pessoa que esteja, ou seja, desconexa; contraditória; inconsistente;

SENDO ASSIM: Com base no texto lido e no conceito geral que abrange a palavra incoerência;

PODEMOS AFIRMAR: Que as pessoas, para quem Jesus se dirigiu em seu discurso eram adoradores incoerentes;

E COMO TAIS: Prestaram a Deus uma adoração contraditória.

E POR ISTO MESMO, JESUS CONDENOU TERMINANTEMENTE A PRÁTICA RELIGIOSA DOS MESMOS, DIZENDO:

VS/33: Serpentes e raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno.

PERGUNTO: Se Jesus, decidir proferir um discurso sobre a tua atual forma de adorar e servi-lo, qual seria o tema do seu discurso?
É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA TERMOS BEM FIRMADO EM NOSSAS MENTES QUE: Coerência é a qualidade, estado ou atitude de coerente; é harmonia entre idéias e acontecimentos.

E COERENTE: É a pessoa que procede com lógica.

POSTURA OU TESTEMUNHO CONTÍNUO OBSERVADO NA VIDA DA MESMA:

1º/ Há conexão real e perfeita harmonia entre suas idéias e seus discursos.

2º/ Esta mesma conexão real e harmoniosa, acontecerá entre seus discursos e sua prática de vida.

PERGUNTAS PARA REFLEXÃO:

.Você é um adorador, uma adoradora coerente?

.De 0 a 10 que nota você dá para tua coerência?

TESTE BÁSICO:

.Você crê na palavra de Deus?

.Você prega a palavra?

.Tua prática diária condiz com aquilo que tu crês, com aquilo que tu pregas para os outros?

.Qual é a tua relação com oportunidades que te dão a chance de estar em lugar ou posição de destaque?

.Teu discurso é mera teoria ou é fruto de uma íntima e verdadeira adoração?

ENFIM: Tu és realmente aquilo que parece ser?

SOU UMA SERVA DE DEUS:QUE PELO FATO DE TER UMA ROTINA DE VIDA ESTÁVEL PRINCIPALMENTE EM MEUS RELACIONAMENTOS:

CONSTATEI QUE: Familiares independentes, arrogantes e insensa­veis, 20 anos depois se tornam dependentes, humildes e amorosos.

CONSTATEI QUE: Irmãos em Cristo altivos e cheios de si, 20 anos depois, caem em pecado, e sem honra ficam sozinhos, precisando da compaixão daqueles a quem desprezou.

CONSTATEI QUE: Aqueles adultos que hoje zombam de nós e não querem ouvir o evangelho, 20 anos depois, são adultos velhos, decadentes, doentes, que vivem geralmente no abandono e que se pudessem, dariam tudo, para estar conosco e assim, poder nos ouvirem, serem consolados e fortalecidos pela palavra que outrora rejeitaram.

CONSTATEI QUE: Pessoas que não conhecemos, sem se quer imaginarmos, estão agora nos observando e um dia, 20 anos depois, darão testemunho de nossas vidas nos altares do Senhor.

ENFIM, CONSTATATEI ACIMA DE TUDO QUE: Quando somos estáveis em nossa rotina de vida mantendo-nos fiéis a Deus e à  sua palavra, 20 anos depois, temos a oportunidade de ver que Deus realmente faz além daquilo que somos capazes de imaginar